READING

Os 5 principais tipos de cigarro e suas caracterís...

Os 5 principais tipos de cigarro e suas características

Mão segurando cigarro

Se você fuma há algum tempo, já pode ver por aí que existem diferentes tipos de cigarro, não é mesmo? Basta a galera se juntar, ou até mesmo parar para observar as outras pessoas que estão no fumódromo da balada, e você poderá ver que tem gente que não abre mão do seu tradicional Marlboro, enquanto outros são mais chegados nos fumos de palha e kumbaya.

Cada tipo de cigarro carrega uma particularidade, tornando seu sabor e sensação de fumá-los algo único. Se você quer expandir seus horizontes e conhecer outras opções para experimentar, esse post poderá ser um guia para você! Continue por aqui e conheça tipos de cigarro e outras formas de fumar que muita gente aprecia por aí:

Tipos de cigarro: Lista com os 5 mais comuns

Antes de tudo, vamos deixar algo claro: o que é um cigarro? Por definição, são porções de tabaco enroladas em papel (ou algo semelhante, como a palha), que podemos acender com fogo em uma das pontas e fumar. Por isso, nessa lista vamos nesse tipo de fumo, combinado?

Com isso esclarecido, vamos para os tipos de cigarro mais comuns de serem encontrados no dia a dia:

1. Cigarro industrializado

Aquele que vem na cabeça de qualquer um quando falamos a palavra “cigarro”. É o tipo tradicional de cigarro, encontrado facilmente na loja de conveniência do posto, por exemplo, e que é companheiro de muita gente. Por ser tão popular, diversas marcas dividem o mercado. Dentre as mais populares, dá para citar:

  • Marlboro;
  • Eight;
  • San Marino;
  • Kent;
  • Carlton;
  • Camel;
  • Derby
  • Lucky Strike.

Esse tipo de cigarro também pode ser encontrado em versões mentoladas, que são as saborizadas. Sabores de menta, melancia e cereja são bem conhecidos.

2. Cigarro artesanal

Muita gente abre mão do cigarro industrializado para começar a bolar seus próprios fumos. Isso é feito comprando todos os materiais necessários: seda, tabaco para enrolar e filtro de cigarro. Apenas esses três elementos, que inclusive podem ser comprados todos juntos em um kit, permitem que o fumante prepare seus próprios cigarros.

Com isso, é possível fazer conforme suas preferências. Afinal, com o poder de bolar o cigarro em suas mãos, é possível escolher colocar mais ou menos tabaco, escolher qual tipo de seda prefere e até mesmo o tamanho do fumo.

O cigarro artesanal com kumbaya, por exemplo, é uma opção bem popular, que mistura o tabaco com outras ervas aromáticas, como a camomila e as rosas. Diminuindo os níveis de tabaco e, consequentemente, de nicotina, é um cigarro que ajuda bastante gente a parar de fumar.

3. Cigarro de palha

O verdadeiro cigarro “raiz”, o cigarro de palha é um tipo bem simples e bastante barato. Não tem segredo: é uma porção de fumo (tabaco), enrolado em uma folha de palha. É um tipo de cigarro que abre mão da seda ou de outro tipo de papel, tornando o fumo mais natural. Com isso, ganha um gosto mais forte, ligado ao tabaco.

Se quiser experimentar esse tipo de fumo, é possível encontrar tanto as opções de palheiros, que são os cigarros prontos, na caixa; quanto comprar a palha separadamente e preparar seu próprio cigarro.

Para te ajudar, já escrevemos também o post: Como fumar cigarro de palha? Aprenda a bolar e acender!

4. Charutos

Mais grossos e encorpados que os cigarros normais, os charutos são enrolados em uma folha de tabaco, que envolve outros três tipos diferentes do fumo. O resultado é um gosto forte, mas bastante apreciado por quem tem familiaridade com a erva. Algo bem particular do charuto é que ele costuma durar bem mais que um cigarro, e deve ser fumado todo de uma única vez. Isso porque se a chama for apagada, e você tentar acender o charuto mais tarde, vai notar que o seu sabor foi alterado, ficando muito mais amargo.

Por esse motivo, fumar um charuto é uma verdadeira sessão, em que você pode sentar, relaxar e apreciar a fumaça. Bem naquela vibe O Poderoso Chefão mesmo!

5. Cigarrilha

Se o charuto e o cigarro convencional tivessem um filho, seria a cigarrilha! Isso porque esse tipo de cigarro é, basicamente, um charuto no corpo de um cigarro tradicional. Assim, o melhor dos dois mundos é unido. A cigarrilha é envolta em uma folha de tabaco, como a do charuto, mas tem o tamanho menor, semelhante ao do cigarro. Dessa forma, pode ser fumada em uma sessão bem mais curta, que vai durar apenas alguns minutos.

Entretanto, serão minutos valiosos, em que o sabor inconfundível do tabaco poderá ser apreciado em sua fumaça que, aliás, não precisa ser tragada.

Já conhecia esse tipo de cigarro?

Outras maneiras de fumar, além dos cigarros

Enrolar o tabaco numa folha e apreciar sua fumaça não é a única maneira de apreciar o fumo. Veja a lista:

  • Narguile: velho conhecido de muita gente, é um equipamento parecido com um cachimbo, que mistura a fumaça de água com essências saborizadas e tabaco;
  • Cachimbo: um tipo de fumo bastante ancestral, mas que permanece até hoje, que consiste em um instrumento de barro ou madeira com um compartimento para o tabaco (o fornilho) e um longo tubo, em que é possível puxar a fumaça;
  • Fumo de mascar: nem mesmo o fogo ou a produção de fumaça são necessários para apreciar o fumo! Há quem masque as folhas da erva e, com isso, aprecie seu sabor de forma bem mais direta;
  • Cigarros eletrônicos: funcionam por bateria, aquecendo um cartucho de nicotina líquida que é inserido por quem fuma de forma manual e produzindo a fumaça que é inalada. Esse cartucho líquido é trocado eventualmente, e pode ser saborizado também;
  • Pipes e bongs: instrumentos que podem ser de vidro, silicone, metal ou acrílico, mas que possuem o mesmo propósito — fumar o tabaco sem a necessidade de bolar no papel. Neles, assim como o cachimbo, a erva é acendida em um compartimento, e a fumaça produzida é sugada por quem fuma na outra ponta. Nos bongs, essa fumaça é resfriada, chegando ao pulmão de forma bem mais amena, reduzindo os danos do fumo.

Para conhecer mais sobre esse último tipo de fumo, recomendamos a leitura de outro post aqui do blog. Leia: Sabe bongar? Veja como usar um Bong!

Agora que chegamos ao fim da nossa lista com os principais tipos de cigarro e principais tipos de fumo, te perguntamos: Quantos desses tipos você já experimentou? Qual deles é mais a sua praia?

Para quem aprecia o tabaco, existem diferentes formas de aproveitar a erva. Experimente!


Entusiasta do mundo canábico desde sempre, aprendendo todo dia mais sobre essa planta maravilhosa.

Deixe uma resposta

INSTAGRAM
SIGA-NOS NO INSTAGRAM