READING

Quer aprender a bongar? Entenda com o Madrugashop ...

Quer aprender a bongar? Entenda com o Madrugashop como usar um Bong!

como usar o bong

Para quem já fuma um beck e curte a experiência e os efeitos que a erva promove no organismo, acender aquele fininho depois do trampo para relaxar ou antes de um belo churrasco para abrir o apetite é sem dúvidas uma parada incrível. E existem várias formas de um fumar um, na seda, no pipe, no vaporizador e até mesmo no famoso bong. Aliás, você já sabe como usar um desse?

Homem negro de moletom preto fumando em um bong de vidro

Fumar em um bong pela primeira vez pode ser uma parada meio confusa e estranha e, se feito errado, pode te deixar com uma má impressão. Com certeza não queremos esse tipo de resultado por aqui!

Para te ajudar a entender melhor o que é esse instrumento e como fumar uma ganja da hora em um bong de qualidade, o Madrugashop criou uma lista simples para te ensinar todos os passos de uso desse acessório. Confira com a gente e descubra exatamente como bongar sua erva da maneira certa!

De onde surgiu o bong e para que serve?

A origem do bong é bem antiga e especula-se que possa ter surgido há muitos séculos atrás, tanto na África quanto na Ásia. Desde aqueles tempos, ele é usado para fumar tabaco, maconha e ópio.

Seu nome vem da tradução da palavra bambu (especificamente o caule do bambu) em tailandês. Atualmente, os bongs são encontrados em grandes variedades de diferentes cores, tamanhos, preços e materiais de fabricação, como os bongs de vidro, plástico, metal, barro, cerâmica, argila e o tradicional bambu.

Quais são as partes do bong?

Outra parada massa de um bong é que eles são extremamente versáveis! Além das ervas já citadas, os bongs podem ser encontrados em um modelo alternativo chamado Oil Bong para carburar a fumaça de óleos, como o do haxixe. Esse procedimento é conhecido como dab. Alguns modelos de bong contem partes removíveis para que possam ser adaptados em dabs!

Os bongs são divididos em cinco peças complementares chamadas:

Ilustração de bong com fundo branco e orientações
  • Bowl– Também chamada de fornilho, é a cavidade onde é colocada a maconha e pode ser removida para limpeza.
  • Respiro – Orifício usado para esvaziar a fumaça da câmara, é uma válvula de respiro lateral. Em alguns modelos a peça também é removível.
  • Stem ou Haste – Tubo por onde a fumaça é transferida para a base entrando em contato com água.
  • Base – É a parte inferior do bong onde é colocada a água para a filtragem.
  • Bocal – Buraco por onde se aspira a fumaça, pode ter espaço para se colocar gelo.
  • Percolator – Filtro extra que alguns bongs tem para uma fumaça extra fria.

Agora que você já sabe o que é um bong, tá na hora de partir para a melhor parte, aprender como se usa um efetivamente. Antes de mais nada, uma dica: deixe já preparado os acessórios para bong que serão usados no processo para não ter problemas!

Como usar um bong?

Bongs são dispositivos sensacionais para fumar maconha e aproveitar o máximo de sua erva sem perder nada dela. Sabor, aroma e efeitos se multiplicam e fornecem uma pira melhor ainda. Quer viver essa experiência também? Então, anote aí!

Passo 1) Separe todos os itens necessários para bongar

Pegue aquele dichavador de qualidade, sua erva de degustação e um pouco de água fria. Não se esqueça do isqueiro ou maçarico e o principal, seu bong no modelo favorito! Tudo separado, agora é a hora. Coloque a água fria dentro do bong pelo bocal. A quantidade vai depender do tamanho e modelo de seu acessório, então não exagere, até cobrir a haste já é suficiente.

Passo 2) Prepare sua erva

Com seu dichavador, triture muito bem sua erva. Faça tudo em duas etapas, a primeira você mantém um pouco de sua erva mais grossa e em pedaços levemente maiores para não cair nada dentro do bong. Na segunda, pedaços menores e finos ficarão por cima, queimando mais rápido e melhor.

Passo 3) Adicione a erva dichavada no bong

Coloque sua maconha no bowl de maneira que os pedaços grandes fiquem por baixo e os pequenos por cima. Lembre-se, não aperte com muita força sua erva ali dentro!

Caso esteja muito prensada, o ar não conseguirá passar pelo tubo e você precisará refazer o processo ou utilizar algum tipo de objeto com ponta bem fina para ir soltando a especiaria.

Passo 4) Hora de puxar a fumaça

Posicione sua boca no bocal do bong de forma que ela fique totalmente em contato com a superfície, evitando que o ar entre ou saia dali. Usando seu isqueiro, é só acender a erva e ir puxando a fumaça que irá se formar na base.

Aqui você não deve baforar a fumaça, apenas puxá-la para que seja feita a filtragem, o resfriamento e o acúmulo dela na base.

Passo 5) Curta seu bong no seu próprio ritmo!

Quando houver fumaça suficiente ali dentro, remova o carburador. Aí meu amigo e minha amiga, é só mandar toda a fumaça para os pulmões e, no processo, para dentro da mente! Dica de ouro: se você está fumando um bong pela primeira vez, vá com calma. A quantidade de fumaça pode ser grande demais e vai te causar um surto de tosse. Dê puxadas leves e tragos pequenos. Vá com cuidado até se acostumar com o processo do bong e aproveite cada segundo!

Quais as vantagens de carburar erva em um bong?

Fumar em um bong pode trazer algumas vantagens também, principalmente quando se trada de redução de danos à saúde. Devido a sua capacidade de filtragem através da água utilizada, substâncias nocivas da fumaça são eliminadas e o resfriamento, também por parte da água, ajudam a reduzir danos à faringe e pulmão.

Esse resfriamento joga a temperatura da fumaça de 65ºC à 95ºC em sedas e pipes comuns para 35ºC a 50ºC, uma diminuição de mais da metade e ainda mantém todas as características da erva intactas.

Como higienizar seu bong?

Para ajudar mais ainda a manter o funcionamento e a qualidade do bong sempre intactos, é bom manter seu aparelho muito bem limpo e higienizado. Na hora de limpar seu bong de vidro, você irá precisar do básico: água morna e sabão, o álcool também ajuda na remoção das sujeiras mais difíceis.

Se você quiser um produto específico, mais concentrado, para limpeza de bongs, confira em nossa loja nossos limpadores líquidos de bong.

Faça uma limpeza bem detalhada no acessório esfregando muito bem todas as partes dele. Se forem removíveis, melhor ainda! Você pode deixar de molho no álcool antes ou depois da limpeza – antes para amaciar a sujeira mais grossa ou depois para tirar aquelas que ficam nos cantinhos mais difíceis de limpar.

Para bongs de outros modelos, use apenas água e sabão. Se for limpar um bong de silicone, água quente pode ser de grande ajuda!

Agora que a ideia já foi plantada e o passo a passo foi dado, só o que você precisa, meu padawan da maconha, é botar nossos ensinamentos em prática!

Curta sua especiaria favorita no seu bong preferido e acesse o site do Madrugashop para conferir todos os nossos modelos desse acessório incrível! Aproveite também para descobrir muito mais sobre outros assuntos do mundo das headshops aqui em nosso blog!

Nos vemos no próximo post!


Entusiasta do mundo canábico desde sempre, aprendendo todo dia mais sobre essa planta maravilhosa.

RELATED POST

Deixe uma resposta

INSTAGRAM
SIGA-NOS NO INSTAGRAM